segunda-feira, 3 de junho de 2013

Agradecimento sincero e humilde aos campeões da Europa

Estava a ver fotos da equipa de hóquei a ser recebida no Pavilhão e pensei «como é que eu nunca fui ver um jogo de hóquei?». É nestas alturas que me apercebo do meu fundamentalismo futebolístico. É curioso: se me perguntarem se sou pelo Benfica ou pelo futebol, natural e imediatamente responderei «sou do Benfica», porque é ao Benfica que pertenço. Mas se pensar um pouco mais, noto que sou um Benfiquista primário do futebol, muito pouco dado a transigências ao ecletismo.

Durante toda a minha vida, vi o Benfica ser campeão da Europa duas vezes: uma em futsal, no Pavilhão Atlântico; outra em hóquei em patins, na caixa portista. Na primeira ocasião, tentei induzir em mim a sensação de "campeão europeu". O melhor que consegui foi um pequeno simulacro, como se, de repente, a Europa fosse uma coisa pequenina. Fiquei feliz, senti orgulho, uma leve exaltação, fiz um brinde e disse em voz alta "campeões da Europa". A frase soou muitíssimo bem.

Ontem o meu primeiro pensamento foi menos poético, mais sentimental: «que heróis», foi tudo o que me ocorreu. Em seguida, temi pelas carreiras dos atletas do Porto - para quando a extinção da modalidade no clube? -, mas logo voltei a focar-me nos nossos. Dei por mim feliz, novamente orgulhoso, a sentir uma leve exaltação, a querer fazer um brinde, a pronunciar para mim a frase mágica "campeões da Europa". Soa cada vez melhor.

Ser campeão da Europa será sempre um feito histórico. Ser campeão da Europa numa modalidade histórica e de grande tradição em Portugal no território do nosso maior adversário da actualidade dá-lhe um significado ainda mais nobre - e, sobretudo, levando em conta as circunstâncias que antecederam o jogo.

Eu queria chegar a um ponto e ando aqui a empatar tempo: na verdade, eu não me sinto campeão europeu. Campeões são eles, os que jogaram e quem os apoiou durante o ano, durante a carreira, durante a vida. Campeão europeu é o adepto que nunca se esqueceu deles durante toda a época, nos bons e nos maus momentos. Eu sou só um Benfiquista do futebol.

Estou muito, muito grato a toda a equipa de hóquei por ter elevado o nome do Benfica ao ponto mais alto, permitindo-me acrescentar um brilho de orgulho à minha paixão. Mas sinto alguma mágoa - na verdade, sinto-me de fora - por não lhes ter dado a atenção e o apoio que, como demonstraram, merecem. Sou mesmo um simples Benfiquista do futebol: ao mesmo tempo que me comprometo comigo a ir ver jogos de hóquei na época que vem, vou pensando no melhor lugar do Estádio - que saudades do Estádio - para o meu Red Pass. E é então que se me enche o peito e sinto uma exaltação grave, brilham-me os olhos.

4 comentários:

Tolan disse...

foi o primeiro jogo de hóquei que vi desde meados dos 90 em que via tudo (nas célebres tardes desportivas na RTP2). Nem sequer vi o jogo em que eliminaram o Barcelona. Nem fazia ideia que nenhum clube português ganhava isto há 22 anos... Mas ontem vi-o todo e gostei, foi um jogo fantástico e aquele golo de ouro, foi prodigioso. E tevo desportivismo no fim, entre jogadores de equipas adversárias. Há ali um espírito que também faz falta ao futebol. Também me senti um pouco culpado, mas é verdade que não divulgaram bem... O próprio Benfica - Instituição poderia fazer mais trabalho nisso. Espero que a Benfica TV se afirme como um projecto válido e garanta a boa divulgação de todas as modalidades do Benfica, mas com transmissões em directo.

Rafael Ortega disse...

Não precisa de esperar pela próxima época.

Quarta-feira à noite há Benfica-Sporting no pavilhão da Luz.

Paulo Matias disse...

A Benfica TV já transmite inúmeros jogos em directo de hóquei, andebol, basquetebol, voleibol e futsal, arrisco-me a dizer que transmitiu todos os jogos em casa de cada uma das equipas em directo...
Há uns tempos li uma crónica de alguém que escrevia que em Portugal as pessoas gostam de Benfica, Sporting ou Porto, não gostam de futebol nem do desporo em geral... Não posso concordar mais, o hóquei é uma modalidade que proporciona momentos de rara beleza, esta final com o Porto foi um bom exemplo disso, merecia mais visibilidade em Portugal!
E o Benfica tem uma quota especial de modalidades para os sócios, são 5 Euros por mês e permite-nos assistir a todos os jogos em casa de borla, excepto play offs e competições europeias, mas mesmo estes com preços muito bons...
Fica o desafio para na próxima época começares a saltar entre a Tipica, Estádio da Luz e Pavilhões da Luz ;-)

Germano Bettencourt disse...

Como te compreendo.