sábado, 27 de outubro de 2012

O presidente está eleito, viva o presidente!

Não, não estou contente. Não votei em Luís Filipe Vieira e não creio que Vieira venha a ser bem sucedido nos próximos quatro anos. Votei Rangel, mais por ser contra Vieira do que outra coisa, mas nunca tive grandes ilusões quanto ao vencedor. O resultado aí está e é esmagador: os Benfiquistas querem Vieira na presidência por mais quatro anos. Que se respeitem os Benfiquistas, os que elegeram Vieira, os que votaram contra ele, os que votaram em branco, os que não votaram porque não quiseram, os que não votaram porque deixaram de pagar quotas e os outros todos que nem sequer são sócios: o Benfica ainda é de todos nós. O líder é este, respeite-se o líder. Muito sucesso e fortuna, é o que lhe desejo, porque o meu Clube está nas suas mãos.

O exercício de voto no Benfica foi algo que me comoveu. Nunca antes tinha votado, sou um sócio recente. De repente, no meio daquele gigantismo do Clube que é o Benfica, centenas de pessoas, em fila, aguardavam a sua vez, o seu momento de cuidar do seu amado. Velhotes que podiam ser o meu avô, miúdos novos numa pausa entre aulas, homens e mulheres, uns em grupo mas muitos mais sozinhos, a exercer o seu dever de ter uma palavra a dizer sobre o destino do Clube. Poeticamente, estávamos na nossa colectividade do bairro ou lá da terra, a zelar pelo nosso futuro. Só que em ponto muito grande. Mas ali, naquela fila, estávamos todos juntos, os que iam votar A, os que iam votar B e os que iam votar em branco. E senti qualquer coisa parecida com fraternidade: esse tal espírito de colectividade. Que é tão bonito e que tanta falta tem feito ao nosso Benfica. É que, por mais que se esfreguem na cara as vieirices de uns ou os rangelismos de outros, temos aqui uma paixão em comum - ou eu estou profundamente enganado e afinal existe, entre Benfiquistas, coisas mais importantes do que o próprio Benfica?

Boa sorte ao presidente - em quem não me revejo, mas que é o presidente do meu clube - e viva o Benfica!

7 comentários:

Rusty Ryan disse...

100% de acordo com este post. Esse é o meu sentimento. Para já não há nada a fazer a não ser respeitar a decisão de grande parte dos sócios.

Saudações

Meneldor disse...

Excelente post!
Aprecio imenso o que escreves e finalmente lê-se alguém "do outro lado da barricada" com bom senso.
Infelizmente nem todos pensam como tu. Já li por aí alguém dizer que vai mudar para o Braga porque o Vieira venceu. Eu não consigo entender este tipo de gente, aliás, duvido que algum dia tenha sido Benfiquista porque mudar de clube é coisa que nunca passaria pela cabeça de quem se diz sê-lo! Independentemente de quem é presidente, goste-se ou não, o Benfica está acima de tudo e de todos. Pelo menos é esta a minha forma de ver e sei que não estou só.

Saudações Benfiquistas!

rui disse...

Eu continuo a dizer que o espetaculo dado naquele pavilhao foi um espetaculo degradante. A alegria bacoca sem nexo e sem razão de ser naquela gente nao me entre na cabeça,foi no fundo um bater palmas ao insucesso. Agora esta direção com todo aquele apoio so tem mais uma auto estrada aberta para a incompetencia,Mesmo quem votou vieira,devia ter sentido critico daquilo que esta mal,e sao muitas coisas,e nao fazer a triste festa que fez,ate a fazer manguitos e a insultar os outros,para mim ontem o Benfica voltou a descer uns degraus

rui disse...

Quanto a ti manel tu nao consegues entender porque tens um cerebro pequenino,porque tu a tua vida é feita de apoio incondicional,tu deves viver o Benfica de uma forma doentia demais como se de um amor se tratasse pois vais apoiar tudo ate ao fim dos teus dias,um dia destes se eles se lembrar de mudar as cores do vermelho para o preto eu nao tenho a mais pequena duvida que te vou ver em tudo quanto é blog a tentar justificar tal coisa

rui disse...

»Amor de mãe se tratase

moleculasdeamor disse...

Excelente texto...
@meneldor, a tua análise é aceitável como é aceitável a liberdade de cada um fazer o que bem entender sem que daí se possa extrair um qualquer conceito de "mal ou errado", porque tanto és tu livre de pensares isso como outros de fazerem o que lhes dá na real gana... abraço....

Meneldor disse...

Rui, só para que conste, eu não sou o manuel.

moleculasdeamor, longe de mim afirmar que ninguém é livre de fazer o que quer. Contudo, não nego que me custa entender uma reacção dessas (mudar de clube) só porque não se gosta de um presidente porque, espero eu, os presidentes passam e o clube permanecerá eternamente!

Cumprimentos.