quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Fernando Mendes, o homem incompreendido - um post sem reflexões mas que merece reflexão

«Ao contrário do que se pensa, nunca ganhei muito dinheiro na bola. Para a qualidade que tinha, nunca fui um jogador caro.»

«Num clube grande, só fui expulso uma vez e só faltava pisar-lhes a cabeça.»

«Orgulho-me muito da minha carreia.»

«Sou humilde, admito as merdas todas que faço, não fujo. Magoa-me é que não fui eu quem me colocou nesta situação.»

«Não faço outras coisas melhores porque há gente com inveja de mim, embirram comigo. Sei que também sou bonito, tenho este aspectozinho. Não sou é rico, mas mesmo assim têm inveja de mim.»

«Não tenho a melhor imagem, infelizmente. Criou-se uma ideia errada acerca de mim, que me prejudicou.»

«Falei a verdade! Aquele Benfica era mesmo uma equipa foleira e disse-o em plena Luz.»

«Não foi para ofender a instituição [o Benfica], embora soasse a isso, percebo.»

«Vou a Alvalade ver o clube que é o meu, mas evito ir à Luz. Aliás, não me apanham lá mais.»

«O Sporting é maior que o Porto.»

[Excertos retirados da entrevista que Fernando Mendes concedeu a O Jogo e que é publicada na edição de hoje, 13 de Outubro de 2011.]

4 comentários:

Éter disse...

Gosto especialmente desta: "Sou humilde, admito as merdas todas que faço, não fujo. Magoa-me é que não fui eu quem me colocou nesta situação."

Primeiro dá ideia de que é um gajo que assume as culpas mas na frase imediatamente a seguir deita isso por terra. Muito bom.

Bcool973 disse...

devia era ter ficado na tribo

artnis disse...

Gosto particularmente desta:

«Num clube grande, só fui expulso uma vez e só faltava pisar-lhes a cabeça.»

dado que o Boavista nunca atingiu tal estatuto e por exclusão de partes ...

o neurótico dopingado mais claro não pode ser!

Dylan disse...

Grande cromo!