sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Por falar em Capitães

Notava eu, em momento auto-contemplativo, que me tenho visto puxado para o tema "Capitão" aqui nos últimos posts. É um tema que me é caro. Estava a tentar recordar-me de todos os capitães do Benfica que conheci (há alguns de que mal me lembro, como o Humberto Coelho, por exemplo) e existe ali um fosso entre a saída de João Vieira Pinto e a chegada de Simão. O Drulovic sei que usou a Braçadeira, mas não me recordo de mais ninguém. Se alguém souber e quiser ter a amabilidade, que deixe aí na caixa de comentários o nome ou nomes de Capitães da época.

Considerando apenas os Capitães não ocasionais, vou listar aqui aqueles de que me lembro bem: Veloso, Vítor Paneira, João Vieira Pinto, Simão, Drulovic, Hélder, Nuno Gomes e Luisão (o papel foi desempenhado por outros, eu sei, mas porque esses outros eram sub-Capitães). Estava a tentar perceber qual deles era o meu preferido. E estou bastante indeciso entre Veloso e Luisão.

Podíamos fazer aqui um votação - "o melhor Capitão do Benfica que eu já vi". Voto no Veloso, que tenho andado nostálgico dos 80's.

18 comentários:

Bettencourt disse...

Voto no veloso, até porque é o primeiro grande capitão que me lembro.

O Luisão falha sempre como capitão na pre-época. Apesar de depois ser impecável na tarefa.

Diego Armés disse...

No facebooker sopraram-me um nome importante: Fernando Meira. Não me lembrava dele.

M.C. disse...

Gostaria de recordar um grande profissional que passou pelo S.L.B. e que foi o primeiro estrangeiro que teve a suprema honra de usar a braçadeira de capitão .
Estou a falar de Ricardo Gomes, carioca de gema, internacional brasileiro que permaneceu no S.L.B. apenas 4 época, tendo vencido 2 Campeonatos Nacionais, 1 Taça de Portugal e uma Supertaça, efectuou 140 jogos, marcou 27 golos e deixou bem vincada toda a sua imensa categoria e uma enorme saudade em todos os benfiquistas que tiveram o privilégio de o ver jogar...

Diego Armés disse...

Lembro-me do Ricardo Gomes ter sido Capitão. Mas tinha ideia que era coisa circusntancial, não sabia que ele era mesmo O Capitão de equipa. É claro que esse senhor era um senhor à séria - sempre foi.

ZeduViana disse...

se formos pelo lado emocional o Veloso com alguma neblina ou o heroico João Vieira Pinto são os eleitos. Se bem que com o J Pinto se confunde (na minha cabeça) a qualidade de capitão com a de jogador.

Se for mais cientificamente Capitão Luisão que pude apreciar com mais maturidade. Isso do romantismo da infância é overrated.

Ricardo disse...

Tenho de ir pelo Veloso. Por tudo - primeiro grande capitão que acompanhei, por ter ar de avô dos outros todos, por ser um gajo raçudo, educado, sarrafeiro mas de bom tom (muito ao contrário do ordinário do João Pinto do Porto), bigode aparado embora farfalhudo, matreiro, azarado (falhar um penálti numa final dos Campeões Europeus é dose) e, acima de tudo, de sentido colectivo - na meia-final com o Marselha, já depois do golo do Vata, o Papin solta-se numa jogada de grande perigo e o Veloso sarrafou-o maravilhosamente. Viu amarelo e perdeu a final de Viena. Isto é um capitão.

O Luisão dentro de campo tem um perfil óbvio. Mas nas pré-épocas borra a pintura toda. Não gosto disso.

Diego Armés disse...

Parece que o Veloso vai limpar isto na boa.

Joao Nuno Silva disse...

Sim eu também voto no Veloso!

Éter disse...

Veloso, obviamente. Dessa lista, nem consigo colocar outra hipótese.

JNF disse...

Camisola 16, ar sofrido, benfiquista de coração e qualidades que nunca foram compreendidas pelos nossos adeptos. Voto no grandíssimo João Manuel Pinto.

N.E. disse...

Penso que João Pinto, foi o capitão com mais carisma junto dos adeptos que eu vi no nosso clube, daí o meu voto ir para ele. Foi capitão numa fase complicada, onde as referências eram poucas ou nenhumas e era nele que os adeptos depositavam todas as esperanças, quer desportivamente, quer na atitude em campo. Óbvio que quer Veloso (pelos anos a fio que jogou no Benfica, pela regularidade e pela raça), quer Luisão (o verdadeiro patrão), são bons exemplos de capitães, apesar de estilos diferentes.

Ps: Ricardo Gomes, nunca foi o primeiro capitão do Benfica. Na 1ª passagem pelo Benfica, o capitão era Veloso. Na 2ª passagem pelo Benfica, o capitão era João Pinto, sendo Ricardo Gomes o vice-capitão.

N.E. disse...

Convém esclarecer, que quando referi que o meu voto ia para João Pinto, referia-me, obviamente, a João Vieira Pinto.

Mindfuck disse...

É engraçado constatar que nesse período de dormência do Benfica ninguém se lembra dessas coisas, é como se o nosso interior fizesse de conta que o mal em que estivemos nessa fase não tivesse existido. Acho que há um fenómeno psicológico que explica isso...

Diogo disse...

Diego,

do que me lembro dos anos 80, o primeiro grande Capitão que vi em campo foi o enorme Manuel Galrinho Bento. O meu voto vai para este idolo dos anos 80, que só não foi mais tempo o nosso capitão devido à lesão contraida no mundial de 86.

Mindfuck, no periodo de dormência lembro-me de ver a braçadeira no braço do Calado, sim do Calado.

Diego Armés disse...

Este blogue tem os melhores comentadores que eu conheço. Vocês dominam as figuras de estilo com mestria. Chamar "período de dormência" àquela treva medonha é muito para cima de eufemismo... O nosso organizador de jogo foi o Chano. Nunca se esqueçam disso.

pitons na boca disse...

Em 2000/01, primeira época depois da saída do João Pinto, o capitão não era o Paulo Madeira?


Bento, seguido de Veloso, sem duvida.

Luis Rosario disse...

Do período de dormência a época que mais me marcou e que mais recordo pelos piores motivos foi a de Artur Jorge.

Os nomes Paredão, Marcelo, King, Hassan nunca mais sairão dos meus pesadelos.

Lucifer disse...

O Diamantino chegou a ser capitão?

Era um dos meus jogadores favoritos da altura.