segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Um aniversário diferente

- Master…
- Schhtt… Estou a meditar, Pequeno Vermelho.
- Mas, Querido Mas…
- A tua insignificância não tem a felicidade de ser imperceptível, Pequeno Vermelho. Estás a importunar-me. Durante a meditação do Master…
-… deverás silenciar-te, afastar-te, sossegar-te e deitar-te também tu a pensar. Sim, Master.
- O que te demora? Porque não estás também tu a pensar, minha metade de um terço de uma micronésia a flutuar à deriva num planeta do tamanho de Saturno?
- Porque… Master, chegou um mensageiro.
- E desde quando é que
- É uma mensagem do presidente Vieira, Querido Master.
- O quê? Do presidente Vieira, o próprio?
- O próprio, Master. Assinada e tudo.
- Garantes? Ajuda-me a levantar.
- Garanto. Está aqui.
- É… de facto, uma assinatura. Ora lê. Lê-me o que diz.
- Diz assim:

«Caro DIEGO, neste dia especial o SLBenfica deseja-lhe um fantástico aniversário cheio de alegria e mística. Parabéns!

O Presidente
Luís Filipe Vieira»

- O “DIEGO” é mesmo assim, com letras grandes. Todo.
- É atencioso, de facto.
- Querido Master, fazes mesmo anos?
- Sim, criaturinha. Faço mesmo anos.
- Fazes muitos?
- Oh, pergunta difícil. Os anos que se acumulam nunca são poucos, mas também nunca são demais…
- Hum, pois… E por que te deitas a pensar no teu aniversário? Não devias festejar, estar feliz, desfrutar das boas sensações que uma vitória gorda nos permite, Master?
- Sabes, minha sub-fracção de um milímetro pequenino, nem tudo é felicidade. Um aniversário e uma vitória não são suficientes para apagar a amargura que sinto.
- Amargura? Com o Benfica?
- Amargura… pelo Benfica.
- Mas…
- A verdade é que é um dia triste, Pequeno Vermelho. Hoje, pela primeira vez na minha vida, tenho mais anos de existência do que o Nosso Amado Clube tem títulos de Campeão Nacional.
- Assim tantos?
- Assim tantos. Mas tal, por si só, não deveria trazer-me angústia. O que me magoa é que, quando fiz 14 anos, atingi a metade exacta dos campeonatos que ganhámos; quando completei os 15, superei essa metade – mas fomos campeões nesse ano. E agora, ainda tão novo, supero irreversivelmente a contagem do nosso troféu mais fundamental. É doloroso.
- Compreendo…
- Ora, vai ali buscar o rolo de papiro, a pena e o tinteiro, Pequeno.
- O tinteiro pequeno?!
- Não, Pequeno. O tinteiro… de uma forma geral. O Pequeno és tu.
- Sim, claro, Querido Master.
- Estás preparado? Vou ditar-te uma mensagem.
- Podes dizer, Master.
- «Caro LUÍS» - escreve assim, com as letras todas grandes, para ser atencioso - «Caro LUÍS
- Outra vez?
- Não, não. Estava só a recapitular. Para não me perder. «Caro LUÍS, neste dia especial, o Diego deseja ao Benfica uma única coisa: que o Benfica tenha uma época fantástica e que, em Maio, possamos festejar, todos juntos, o 33.º - não como eu hoje festejo o meu, mas com a euforia que uma grande vitória merece. E que esse seja o primeiro de 10, de 20, de 30, de centenas de campeonatos ganhos consecutivamente para que o Diego não tenha de sentir, nunca mais, por um período superior a 9 meses, que tem mais anos de existência do que o Benfica possui Campeonatos Nacionais no seu palmarés.

O Master
Diego Armés» e deixa-me assinar.

- Toma.
- Está feito. Agora leva o papiro ao mensageiro e diz-lhe que se destina ao Luís. E eu, bom, eu vou voltar aos meus pensamentos, às minhas contas, à contemplação do tempo que passou, a pens…
- Vais ver vídeos do Benfica no Youtube? Do Rodrigo e do Aimar?
- Ehrm… Bom, talvez mais lá para o fim da tarde. Se tiver tempo… Vá, agora vai, Pequeno, vai.

4 comentários:

Sandinando Sófacles disse...

Parabéns Master Diego!

Rosana disse...

Muitos parabéns Diego.

Espero que continues a brindar-nos com a tua escrita (e com a tua música) por muitos e bons anos. Nós, os grandes fãs (grandes por sermos benfiquistas, claro está), só temos a agradecer. Estou certa que, ano após ano, verás a magnitude de partilhar os anos de existência com o número de Campeonatos Nacionais do Maior.

As maiores felicidades,
Rosana.

Germano Bettencourt disse...

Parabéns Master Diego Armés.

Em Fevereiro faço 32, e esta é a primeira vez que penso no número perante este prisma tão... desolador, de facto. Igualarei o número de títulos, mas espero lá para Maio ser ultrapassado.

Que o Benfica esteja sempre um pequeno passo à minha frente nessa contabilidade.

Abraço

slb1958 disse...

Parabens Master DIEGO, desejo que o Glorioso,se mantenha no teu encalço, e que daqui a sessenta e sete anos comece a ganhar novamente vantagem.

Abraço