segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Escolhe uma alcunha

Aviso prévio: este post, se avaliado numa escala de bom-gosto e educação, seria eliminado por não preencher os requisitos mínimos. A sua essência é o insulto e a sua natureza é bastante ordinária.

Depois daquele aviso, vou resumir a nota introdutória: o assunto é a Marta Rebelo. Uma pequena ronda pela Gloriososfera deixa uma ideia bem vincada: à Marta ninguém lhe pegava, por mais Benfiquista que se auto-proclame. Por mim, destituía-a do grau de Benfiquismo. De hoje em diante, ser-lhe-ia proibido ostentar essa patente, a mais alta da escala do clubismo. Não sei se terei poderes para isso, mas fica aqui a sugestão, ainda assim.

Bom, vamos ao que interessa. A Marta traz diversão. E não estou a ser porco - ainda. Traz diversão - e não disse "diverte" - porque, após a leituras do seu Record de cretinices, muitas outras crónicas de escárnio e ódio, veneno e verdades se geram com origem no sémen que debita - isto, sem qualquer tipo de maldade, não estou a sugerir que a Marta escreva... enfim, era metafórico.

De toda a parte chegam palavras para Marta Rebelo. E quando as palavras não chegarem - continue a Marta a escrever todas as semanas e as palavras não chegarão -, alguém há-de inventar palavras novas para qualificar a Marta.

Pela minha parte, farei o que posso: encontrar o epíteto ideal para Marta Rebelo, esta pessoa que já foi um pouco de tudo, sem nunca ser sido nada.

«Cardozo é teimoso, pesado, cabeçudo, preguiçoso, lento e caprichoso», diz Marta Rebelo, que é jurista e assistente universitária, para além de ex-deputada e boa companhia. Porém, entre tanta função distinta, uma pessoa perde-se e não sabe qual será o cognome ideal. Procurêmo-lo, peço-vos ajuda. Fica, para já, a minha proposta: Marta, a Usada.

18 comentários:

Batalheiro disse...

Cronópia!

Ricardo disse...

A filantrôpêga.

Diego Armés disse...

Até me brilham os olhos de orgulho. A erudição dos meus comentadores, que coisa boa...

bjorn disse...

A Marta da babilónia?

Constantino disse...

Porra o Batalheiro e o Ricardo entram logo à Fernando Aguiar e deixam os restantes concorrentes fora de pista. O que propor depois disto, sem entrar nos caminhos sinuosos da badalhoquice javarda? Talvez que ela mude o titulo da sua rubrica para "O Voo da Égua".

ruddion disse...

Paraplégica visual...

Luis Rosario disse...

Impressionante o calibre das 2 primeiras sugestões. Um tipo até fica meio envergonhado de sugerir uma qualquer banalidade tipo Marta Descuido ou Marta Cuara Foitorrabo.

LDP disse...

...mmmmmhhhhhmhhmhhhhmmmmmhhhhhmmmmhhmmmhhhmmarta blowjob POV?

pitons na boca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pitons na boca disse...

Só a mim é que a senhora faz lembrar uma velha glória africana que passou pelo Belenenses, na segunda metade dos anos 80? Para mim, esta Marta é o Mapuata.

(peço desculpa pelo comentário apagado, continha uma ligeríssima incorrecção gramatical)

mago disse...

A sevandija.

JNF disse...

Mamartatéorabêlo.

Bubbles disse...

Quando, no próximo ano, ela subir ao palanque para receber o, tão merecido, dragão de ouro será certamente apresentada como a grande "martamouros"!

PS: O que eu gostava era de lhe apresentar o meu "bacamarta" e aposto que ela revia o conceito de "cabeçudo"!

Bcool973 disse...

Eu continuo a achar que é frustação sexual, ou não perceber nada de bola ... Se calhar é boa para comentar futebol humano

Éter disse...

Marta ATM.

Sendo que ATM não tem nada a ver com máquinas para levantar dinheiro mas sim com a expressão "ass to mouth".

Tolan disse...

Marta, a totó!

Tolan disse...

(desculpem não estou inspirado)

Rearviewmirror disse...

Ela faz-me lembrar a "pópota", assim um bocadinho "póputa".